23 de jun de 2009

AMD Completou 10 Anos de Existência

resize 

Há 10 a nos o primeiro K7 apareceu no mercado, O primeiro Athlon havia nascido. Destinado a concorrer com o Pentium III, algo que o K6-III não podia fazer, o K7 foi introduzido com freqüências de 500, 550 e 600 MHz.

A grande novidade do Athlon estava no seu FSB, desenvolvido diretamente pela DEC Alpha. Este bus EV6 funcionava (nas primeiras versões) a 100 MHz em DDR (conseqüentemente, equivalente a 200 MHz) contra apenas 100 ou 133 MHz da Intel. O processador por si só era muito eficiente, dotado (finalmente) de mais unidades de FPU e dispondo de 2 x 64 KB de cache de nível 1, algo inédito para a época. O cache de nível 2 era externo (assim como os Pentium III e diferente dos K6-III) com uma capacidade de 512 KB e uma freqüência compreendida entre 50 % e 33 % da CPU. O conector era do tipo Slot A, mecanicamente compatível com o Slot 1 da Intel, mas não eletricamente.

A primeira versão (Argon) foi gravada em 250 nm e os modelos mais rápidos, em 180 nm, e em seguida surgiram outras versões (Orion e Pluto). O processador, na sua forma original, atingia 1 GHz (em 180 nm) antes da chegada do Thunderbird, uma versão melhorada e dotada de um cache de nível 2 interno. Outras versões foram chegando e o Barton (130 nm e 512 KB de cache de nível 2) foi o último modelo da linha antes da aparição dos K8.

 

By Wikipédia

2 comentários:

  1. A AMD foi fundada em 1969 (segunda a Wikipedia), como ela tem 10 anos?

    ResponderExcluir
  2. Desculpe pela forma que eu expressei sobre o aniversário da AMD, mais a noticia é sobre a primeira linha de processadores dela, o poderoso K7 500.

    Atenciosamente Equipe TecCast.

    ResponderExcluir