28 de jan de 2010

Apple lança seu tablet iPad

jobs-com-novo-tablet-1264618038681_600x40011

Steve Jobs, diretor-executivo da Apple, confirmou as expectativas e anunciou nesta quarta-feira (27) o lançamento de um computador tablet com tela sensível ao toque de 9,7 polegadas. O produto, definido por ele como “realmente mágico”, ocupa uma categoria entre o laptop e o smartphone e leva o nome de iPad.

O produto é uma espécie de iPhone aumentado, que oferece menos limitações de espaço aos usuários e aos desenvolvedores de aplicativos. A novidade  tem tela sensível a múltiplos toques, teclado touchscreen QWERTY e permite navegar na web, além de visualizar e-mail,  fotos e vídeos – inclusive canais de TV e a versão em alta definição do YouTube. O portátil oferece ainda ferramenta de mapas, de leitor de livros digitais e cumpre a função de iPod.

A novidade com tecnologia Wi-Fi estará disponível em três versões: com memória flash de 16 GB (a partir de US$ 499 nos EUA, sem tecnologia 3G), 32 GB (a partir de US$ 599) e 64 GB (a partir de US$ 699). Aqueles que comprarem o produto poderão recebê-lo entre 60 e 90 dias. O período mais demorado é para os modelos com tecnologia 3G, para acesso à web rápida sem fio, que adiciona US$ 130 ao preço final de todas as versões (US$ 629, US$ 729 e US$ 829, no valor final).

Jobs, que voltou ao comando da Apple no final do ano passado após um transplante de fígado, está apostando que sua empresa terá sucesso em conquistar consumidores para seu tablet, o que muitas companhias de tecnologia não tiveram sucesso em fazer até o momento com produtos similares.

Um comentário:

  1. Tá mais pra "iPieceofshit". Olha o tamanho desse trem! Portátil?! Sério? Notebooks eu vejo como computadores que você "leva pra um lugar e usa", e não que você "usa em qualquer lugar". Já esse Ipad parece tão útil e prático quanto carregar um caderno de 20 matérias debaixo do braço, para anotar as coisas por aí. Sou muito mais um Archos 5.

    ResponderExcluir